domingo, 19 de maio de 2013

ATENÇÃO ao perigo dos artigos para Bebé em 2ª Mão!





  

Tenha muito cuidado com os artigos em 2ª mão
 

A actual conjectura económica está a fazer crescer a venda dos artigos em 2ª mão, o que está a ser um enorme negócio para muitas empresas on-line que disponibilizam os meios mas que não prestam qualquer tipo de assistência ou garantia. E se bem que a compra de muitos artigos em 2ª mão não oferece qualquer perigo, há muitos artigos que não devem, NUNCA, ser comprados em 2ª mão. É o caso das Cadeiras Auto.

 



O seu bebé esteve muito bem protegido durante 9 meses. Quando ele nascer, vai vigiá-lo com um grande amor.

Saiba, por isso, que o bebé pode correr riscos ao ser deitado numa cama antiga, ao ser colocado num carrinho já usado ou ao ser instalado numa cadeira-auto que já serviu antes.

Com os artigos em segunda mão, os pais desconhecem a data da sua compra, bem como as condições exactas em que foram utilizados e limpos. Certas peças, indispensáveis à segurança do seu bebé, podem estar estragadas sem se darem conta disso e a limpeza aparente não é sinónimo de higiene. No caso das cadeiras auto, os pais não sabem se por uso indevido, por já ter sofrido acidentes ou por deficiente armazenamento a segurança das cadeiras está comprometida não protegendo eficazmente o seu bebé em caso de acidente. Além disso, muitas vezes ao comprar cadeiras em 2ª mão, está a comprar artigos desactualizados ou mesmo legalmente já proibidos (já vimos cadeiras em 2ª mão sem o selo de garantia). Não podemos esquecer que para uma maior segurança, as normas estão em constante evolução, pelo que um artigo antigo pode não oferecer o mesmo nível de segurança que um artigo de concepção recente. Muitas vezes, as cadeiras nem estão completas, faltando partes de cintos ou peças fundamentais para a correcta fixação da cadeira no automóvel.

Existem artigos para todos os gostos mas estes devem estar sempre acompanhados dos conselhos de verdadeiros profissionais. Além disso, a maioria das marcas não presta assistência a artigos em 2ª mão por já não estarem em periodo de garantia.

Não se deixe igualmente iludir por artigos aparentemente iguais mas mais baratos!

As marcas investem muito dinheiro em testes de segurança, pelo que todos os artigos obedecem às normas recomendadas pela Comunidade Europeia e aos padrões que o peso do bebé exige. Por exemplo, uma cadeira da papa ou um muda fraldas mais barato não está provavelmente preparado para suportar um bebé com o peso que essas peças exigem e que normalmente são os 12/18 quilos. Sendo mais frágeis, porá o seu bebé em risco conforme ele vai crescendo, pois o artigo pode não estar preparado para suportar o peso associado à agilidade que um bebé de 18 ou 24 meses já tem.

Tenha, por isso, o maior cuidado, ao escolher o que vai comprar para o seu bebé. Prefira sempre produtos que sabe estarem em conformidade com as regras de segurança e conforto do bebé.

Para a compra de carrinhos e de cadeiras auto, procure soluções alternativas. A maioria das Lojas têm campanhas pontuais com bons descontos ou carrinhos de colecções de anos anteriores com promoções fantásticas. As boas marcas têm sempre kits mais baratos, em que a redução de preço é conseguida nos acessórios não fundamentais. Muitas vezes, na mesma marca encontra vários modelos de carrinhos com preços bem diversos, mas a nível de segurança automóvel os artigos são geralmente os mesmos. Procure a ajuda de uma Loja de comércio tradicional, onde a assistência e o atendimento são mais profissionais e normalmente de elevada qualidade. Diga exactamente o que procura e quanto pode/quer gastar para que o ajudem a encontrar a melhor solução! Com alguma pequisa e calma conseguirá certamente encontrar um carrinho ou uma cadeira auto de acordo com as suas possibilidades mas sem comprometer a segurança do seu bebé.
 



Nota final: Sabia que uma cadeira auto que tenha sofrido um acidente automóvel deve ser deitada no lixo, porque a estrutura molecular sofreu alterações violentas que comprometem definitivamente a segurança dessa cadeira? O que lhe garante, quando compra este artigo em 2ª mão, que ela é totalmente segura? Vale a pena arriscar?

É possível poupar mas não à custa da segurança do seu bebé. Para segurança de todos, diga NÃO a cadeiras em 2ª mão!

1 comentário:

Vicky disse...

Sim, há coisas que são impensáveis para se comprar em segunda-mão!

Follow by Email